Fazem parte do Setor Família:

Coordenadores do Setor Família
João Ricardo: 98801-4040
Márcia: 98815-0404

Jesus Cristo ao nascer em uma família quis com isso elevar a uma grandeza sem par a importância da família, não apenas para os seus componentes, pai, mãe, filhos, etc., mas para toda uma comunidade. A sociedade, mais que de gente, é formada por famílias. No entanto, somos todos conscientes das grandes dificuldades que atravessam as famílias nos dias atuais, circunstâncias que o Beato João Paulo II já havia classificado como “luzes” e “sombras” .

Dificuldades já conhecidas, como a ameaça do aborto, as relações matrimoniais livres, as separações, as drogas que invadem as casas e arrastam pais e filhos, o desemprego, as gritantes desigualdades sociais, etc. Mas, nem por isso, há de se ofuscar a melhoria nas condições da vida e de respeito à mulher e à criança, o aumento de uma fé religiosa mais consciente, etc. A Igreja quer responder aos grandes desafios da família no mundo atual, mediante uma catequese específica que deve ser assumida por todos os homens e mulheres de boa vontade, e, sobretudo, por uma PASTORAL FAMILIAR, forte, estruturada e atuante nas áreas para as quais se exige a sua ação evangelizadora, que é a família em sua expressão maior, atingindo o homem, desde a concepção, passando pelo batismo, catequese, crisma, adolescência, namoro, noivado, casamento, vida adulta e terceira idade.

É uma ação organizada e planejada, que se realiza na igreja, por meio de agentes específicos, capazes de oferecer os instrumentos necessários para a formação das famílias agindo basicamente, em três campos ou etapas de atuação.

Setor pré-matrimonial
Atividades que visam preparar as pessoas para constituírem famílias. Este setor está ligado à catequese de crianças e jovens, grupos de jovens, encontros para namorados, cursos de noivos, acompanhamento de casamentos, etc.

Setor pós-matrimonial
Atividades que buscam, atender as famílias já construídas desenvolvendo serviços de evangelização para casais, visitas as famílias, aconselhamento, temas relativos à defesa da vida, como planejamento familiar, métodos naturais de controle, aborto, eutanásia, sexualidade, etc.

Casos especiais
Atividades que buscam a evangelização de famílias incompletas ou em situações irregulares separadas, mães ou pais solteiros, uniões livres, batizados em segunda união civil, etc.

A ação da Pastoral Familiar acompanha o homem e a mulher em todas essas fases, simplesmente porque em nenhum momento “deixamos de ser família”, só mudamos de “fase” ou “estágio”. Somos filhos, podemos também ser pais ou avós. Não se trata aqui de super-pastoral ou de pastoral superior, mas sim, de um serviço imprescindível à Igreja, ao homem e à sociedade. “A sociedade será tão melhor, quanto melhor forem as famílias”.

Essa ação pastoral é realizada por pessoas dedicadas, jovens, adultos, solteiros ou casados, mas desejosas de implantar a semente da esperança de um mundo melhor. O trabalho em prol da família é urgente e contínuo.

A Pastoral Familiar da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, assim como todas as demais Pastorais, Movimentos e Associações rogam ao Senhor da Vinha para que desperte mais e mais nos corações dos nossos paroquianos o desejo de atender o chamado do ide também vós para a vinha, e eu vos darei o que for justo (Mt. 20,3).

E-mail
[email protected]

Coordenadores
Andre Lopes: 99650-2000
Denize Leite: 99907-1144


Entre em contato com a Pastoral Familiar

[contact-form-7 id=”5365″ title=”Form Pastoral_Familiar”]

Tem como principal objetivo despertar interiormente a criança para a caminhada da vida voltada aos princípios católicos, e assim formar, na sociedade, jovens e adultos mais saudáveis emocionalmente e socialmente adquirindo, assim, o equilíbrio necessário e em conjunto com a família para que possam aplicar a experiência no dia a dia da família e ainda vivenciar uma nova forma harmoniosa com o semelhante.

O Encontro de Crianças com Cristo foi criado para que pais e filhos venham a se engajar na Igreja de Cristo e aplicar os princípios cristãos desde cedo.

E-mail
[email protected]

Equipe Dirigente
Maria Izabel Bakker: 98179-0808
Leônidas de Paula (Paulinho): 99108-7747
Írlia de Paula: 98870-0600
Dilmara: 98849-9263
Paulo: 98804-9263
Pedro Henrique: 99209-4284
Alonso Monteiro: 99981-6255
Ana Heloisa (Aninha): 98802-1515
Marcelo Oliveira: 98802-5858
Igor Pinheiro: 99985-9907

Links no site

ECRI entrega de doação de brinquedos ao GACC

São João do ECRi 2014

Pós-Encontro do ECRI


Entre em contato com o ECRI

[contact-form-7 id=”5372″ title=”Form ECRI”]

O Encontro de Casais com Cristo – ECC
É um serviço da Igreja em favor da evangelização das famílias. Nasceu da inquietude de um sacerdote, Pe. Afonso Pastore, que dedicou sai vida sacerdotal à pastoral familiar, pastoral da saúde e pastoral carcerária. Teve início em 1970, na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, na Vila Pompéia em São Paulo-SP. O ECC é uma realidade no Brasil inteiro, de norte a sul, de leste a oeste. É um serviço da Igreja para evangelizar a família, primeiro núcleo de inculturação e da evangelização da Igreja doméstica e santuário de vida, e para despertar os casais para as pastorais paroquiais. O ECC foi idealizado para ser desenvolvido em três etapas distintas, inter-relacionadas entre si, cada uma com características e finalidades próprias.

Primeira etapa
É o momento evangelizador e missionário, é o chamado dos casais para viverem seu casamento de uma maneira cristã, a partir dos valores humanos e cristãos. Inspirar aos casais um maior relacionamento entre os cônjuges e demais membros da família e levar os casais da paróquia a atuarem nos seus diversos setores.

Segunda etapa
Esta etapa pretende levar o casal a refletir sobre o verdadeiro sentido da fé batismal, para que viva plenamente a mensagem de Jesus Cristo, visa ainda a dar conhecimento aos casais dos Documentos da Igreja e das Diretrizes da Ação Evangelizadora.

Terceira etapa
Esta etapa vai propor aos casais uma reflexão profunda, séria e adulta do homem que vive numa sociedade cheia de injustiças, opressão, miséria, egoísmo, de dominaçãoo e de marginalização. Leva os casais a refletirem sobre a dignidade da pessoa humana, criada à imagem e semelhança de Deus. Na nossa Paróquia o ECC acontece uma vez no ano, normalmente no mês de Agosto.

Para participar os casais terão que fazer uma inscrição prévia e que são anunciadas nas missas. Maiores informações na secretaria paroquial através do fone: 3615-2831

E-mail
[email protected]

Equipe Dirigente
Emerson Borba: 98116-0308
Zenara Faustino: 98851-6616
João Maria (Gogô): 99947-9738
Dalva (Gogó): 99947-9738
Dalianne Cristina: 99675-8047
Rossellini Alves: 99995-1211
Jovanildo Carvalho: 99981-0106
Edília Isidia: 99624-0722
José Thadeu: 99643-1453
Cláudia Oliveira: 99653-4106


Entre em contato com o ECC

[contact-form-7 id=”4812″ title=”Form ECC”]


Foi criada e sistematizada pelo psiquiatra e antropólogo Adalberto Barreto, em 1987, na favela de Pirambu, Fortaleza-CE. Ela surgiu nessa favela em resposta a duas necessidade; *Atender milhares de pessoas com problemas emocionais e psíquicos.
* Adequar as propostas acadêmicas de promoção de saúde às carências apresentadas por aquela comunidade. A terapia comunitária é caracterizada por um espaço de convivência social, Representa uma oportunidade das pessoas buscarem, e encontrarem, uma rede social de apoio independente de idade, classe social e nível de instrução. Trata-se de encontrar um grupo de acolhimento. As vivências terapêuticas são baseadas em partilhar emoções que fazem porte da vida de todo ser humano.

Está embasada na constatação de que as pessoas, vivendo os problemas mais variados, demonstram riqueza nas possibilidades de soluções.

E-mail
[email protected]

Coordenadores
Ruy: 99126-1430
Luciene: 99126-1523


Entre em contato com a Terapia Comunitária

[contact-form-7 id=”5373″ title=”Form Terapia Comunitária”]